ESPLORAZIONI | MNAA

 


ESPLORAZIONI

Ensemble DME e Valerio Sannicandro

Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa | 28 de Janeiro de 2023 | 16h


O Ensemble DME apresenta-se sob a direcção do maestro e compositor italiano Valerio Sannicandro no Museu Nacional de Arte Antiga de Lisboa, no dia 28 de Janeiro de 2023, pelas 16 horas.

O espetáculo contará com a estreia de uma obra do compositor e arquitecto português Diogo Alvim, encomenda do Projecto DME, com o apoio do Instituto Italiano da Cultura de Lisboa.

O auditório do Museu Nacional de Arte Antiga será um palco integrante da própria música e performance, envolvendo o público numa experiência sonora imersiva, particularmente nas obras de Sannicandro e Alvim, onde o espaço é também pensado pelos compositores como um parâmetro musical, incorporando a própria obra como um elemento decisivo à sua execução e interpretação.

O concerto é coorganizado pelo Projecto DME e pelo Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, e será gravado pela Antena 2, tendo apoio da DGArtes - Ministério da Cultura.

A entrada é gratuita.


ESPLORAZIONI

O pensamento musical nas últimas décadas desenvolveu-se frequentemente de acordo com uma ideia de sinestesia, empurrando para disciplinas e territórios aparentemente distantes. 

O som e o próprio conceito de discurso musical tentaram assim sair do seu ser efémero, projectando-se para outros mundos (arquitectura, artes figurativas) e explorando soluções expressivas longe dos seus limites aparentes.

Em ESPLORAZIONI, são apresentadas várias composições que se estendem por dois séculos, começando pelos fascinantes mundos sonoros de Sciarrino e do labiríntico Clementi, e chegando aos escritos mais complexos de Alvim e Sannicandro, ambos interessados nas relações entre o espaço e o som.


ESPLORAZIONI

Il pensiero musicale negli ultimi decenni si è spesso sviluppato secondo un’idea di sinestesia, spingendosi verso discipline e territori apparentemente lontani. 

Il suono e il concetto stesso di discorso musicale hanno così provato a uscire dal loro essere effimeri proiettandosi verso altri mondi (architettura, arti figurative) ed esplorare soluzioni espressive lontane dai loro confini apparenti.

In ESPLORAZIONI sono presentate alcune composizioni a cavallo tra due secoli, cominciando dagli affascinanti mondi sonori di Sciarrino e quelli labirintici Clementi, arrivando alle scritture più complesse di Alvim e Sannicandro, entrambi interessati alle relazioni tra spazio e suono.


Programa:

Salvatore Sciarrino - ESPLORAZIONE DEL BIANCO II (1986)

Aldo Clementi - C.A.G. (1993)*

Giacinto Scelsi - KO-THA (1967) - Three Dances of Shiva (I)

Valerio Sannicandro - TRE NUCLEI ED ECHI (2022) (I)**

Giacinto Scelsi - KO-THA (1967) - Three Dances of Shiva (II)

Valerio Sannicandro - TRE NUCLEI ED ECHI (2022) (II)**

Giacinto Scelsi - KO-THA (1967) - Three Dances of Shiva (III)

Valerio Sannicandro - TRE NUCLEI ED ECHI (2022) (III)**

Diogo Alvim - POSIÇÃO RELATIVA***

Valerio Sannicandro - TACTILE SONGS (2017)* 


* Estreia Nacional
** Estreia Mundial
*** Estreia Mundial, encomenda Projecto DME, com o apoio do Instituto Italiano da Cultura de Lisboa



Ensemble DME:
Marina Camponês - flauta
Carlos Silva - clarinete
Júlio Guerreiro - guitarra
Beatriz Costa - violino
Ângela Carneiro - violoncelo
Francisco Cipriano - percussão
Valerio Sannicandro - direcção



Valerio Sannicandro







Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Festival DME em Seia | Dez 2022

Raíz do Som 1 - Projecto DME