Postagens

Mostrando postagens de 2024

Between Feathers + Pedro Berardinelli | Residência Artística 2024

Imagem
Residência Artística Between Feathers + Pedro Berardinelli 1 a 8 de Agosto de 2024, Casa Municipal da Cultura de Seia Entre 1 e 8 de Agosto de 2024, o ensemble Between Feathers, baseado na Áustria, e o compositor português Pedro Berardinelli estarão em residência artística na Casa Municipal da Cultura de Seia. Trabalharão em colaboração na criação de uma nova obra que será interpretada por Audrey G. Perreault (flauta) e Hannes Schöggl (percussão), num concerto que se realiza no último dia da residência.  Sinopse: Na residência artística de 01 a 08 de agosto, o ensemble between feathers em versão duo (Audrey G.Perreault, flauta; Hannes Schöggl, percussão) estará presente em Seia para trabalhar de forma imersiva e apresentar em estreia a nova peça do compositor português baseado na Áustria Pedro Berardinelli. O trabalho directo com instrumentos e instrumentistas é essencial no trabalho do compositor, assim como a estreita colaboração e trabalho com jovens compositores, algo habitual para

Curso de Interpretação 2024

Imagem
Curso de Interpretação Música Contemporânea e Séc. XX 5 a 9 de Agosto de 2024 | Conservatório de Música de Seia & Casa Municipal da Cultura de Seia RESUMO O Projecto DME tem o prazer de anunciar o curso de interpretação para práticas associadas à música erudita contemporânea, a realizar em Seia nos dias 5 a 9 de Agosto de 2024. Destinado a instrumentistas que se encontrem a frequentar o ensino superior de música e profissionais, este curso propõe cinco dias intensivos de trabalho com o Ensemble DME e o maestro Pedro Pinto Figueiredo. O curso pretende fornecer aos participantes a oportunidade de aprimorar as suas ferramentas interpretativas na música erudita contemporânea através da exploração de repertório de compositores contemporâneos como Emmanuel Nunes e Péter Eötvös, mas também da 1ª metade do século XX, como Edgard Varèse, e outros compositores a definir mediante as inscrições recebidas. ORIENTADORES Pedro Pinto Figueiredo, direção musical Mafalda Carvalho, flauta transversal

O Canto das Sementes II 2024

Imagem
Canto das Sementes 24-27 de Julho de 2024 Concertos: 24 Julho de 2024, 19h30 | Lisboa Incomum  (concerto com repertório do Ensemble Barcelona Modern) 25 Julho de 2024, 19h30 | Lisboa Incomum  (concerto com as peças dos alunos) 27 Julho de 2024, 17h00 | Casa Municipal da Cultura de Seia  (concerto com as peças dos alunos) “O Canto das Sementes” é um projecto que reúne 4 jovens compositores em formação ou recém formados pelas 4 instituições de ensino superior com curso de composição em Portugal (ESMAE - Porto, ESML - Lisboa, Universidade de Aveiro e Universidade de Évora):  Mafalda Silva  (UÉ),  Tiago Jesus  (ESML),  João Coimbra  (UA) e  David Teixeira da Silva  (ESMAE). Estes artistas emergentes são orientados pelo compositor Jaime Reis , que actuar simultaneamente como compositor e tutor deste projecto, para a criação de um espectáculo único sob uma janela de oportunidade de contacto com o panorama musical internacional. Pretendemos fomentar o germinar das novas gerações de criadores

Bartolomeu, o voador | EACMC + Seia Collegium Musicum

Imagem
  Bartolomeu, o voador, de Jaime Reis EACMC + Seia Collegium Musicum 26 de Junho de 2024 | Casa Municipal da Cultura de Seia No dia 26 de Junho de 2024, a obra "Bartolomeu, o voador", do compositor Jaime Reis será apresentada no Cineteatro da Casa da Cultura de Seia. Será um espetáculo co-produzido pela Escola Artística do Conservatório de Música de Coimbra e o Conservatório de Música de Seia, interpretada por alunos e professores de dança, música e teatro de ambas as escolas.  A entrada é gratuita. "Bartolomeu, o voador" é uma obra didáctica de Jaime Reis para coro infantil, narrador, flauta, clarinete, violino, violoncelo, piano e electroacústica. Composta entre 2017 e 2018, é uma homenagem ao sacerdote e inventor Bartolomeu de Gusmão e ao escritor José Saramago e foi concebida para permitir a sua interpretação total, com elementos teatrais, música e dança. Resulta de uma Encomenda A.P.E.M./Cantar + (F.C.Gulbenkian), Arte no Tempo e Câmara Municipal de

OBOÉ +

Imagem
OBOÉ + 22 de Junho de 2024, 19h30 | Lisboa Incomum OBOÉ +  é um projeto de criação artística, que promoveu a escrita de inúmeras novas obras para oboé ou oboé e eletrónica. Assente num trabalho em residência artística com intérprete e compositor, foram encomendadas obras a compositores como Cândido Lima, António Chagas Rosa, Jaime Reis, Mariana Vieira e Ruben Borges, a serem estradas por Tiago Coimbra, com apresentações em diversos espaços culturais pelo país, nomeadamente Castelo Branco, Seia e Lisboa. Simultaneamente, quatro alunos de composição da Escola Superior de Música de Lisboa (Cristóvão Almeida, Fábio Chicotio, Marta Domingues e Tiago Jesus) foram convidados a criar obras em colaboração com os alunos da classe de oboé de Tiago Coimbra da Escola Superior de Artes Aplicadas de Castelo Branco (Carolina Esteves, Dulce Gonçalves, Filipe Sauvarin, Janete Pereira, Nelson Pereira). Entrada gratuita, mediante reserva para lisboaincomum@gmail.com Cristóvão Almeida  (2º ano de Licenciat

Concerto Pedagógico | Conservatório de Música de Santarém

Imagem
   Concerto Pedagógico com alunos do Conservatório de Música de Santarém 18 de Junho de 2024, 19h | Lisboa Incomum O Projeto DME/Lisboa Incomum proporcionou uma atividade pedagógica com alunos do Conservatório de Música de Santarém no dia 23 de fevereiro de 2024. Nesta actividade, realizou-se uma breve contextualização do espaço na música electroacústica, onde os próprios alunos tiveram a oportunidade de espacializar obras acusmáticas no sistema imersivo em forma de cúpula do espaço Lisboa Incomum.  Os alunos interpretaram ainda as obras “A.B.C.D. Flexible” de Nuno da Rocha para ensemble variável e eletrónica, “Mahar” de Ângela Lopes para flauta e eletrónica, “192.102” de Francisco Pessanha para piano e eletrónica e  "SaxOpera"  de Vítor Rua para saxofone e eletrónica. Um projecto coordenado pelo professor e saxofonista Philippe Trovão, em parceria com o Projecto DME e o Lisboa Incomum. Este projeto pedagógico culmina num concerto dia 18 de Junho de 2024, pelas 19h, no Lisboa

DME | Aveiro_Síntese

Imagem
Ensemble DME bienal Aveiro_Síntese 9 de Junho de 2024, 18h00 | Teatro Aveirense O Ensemble DME encerra a edição de 2024 da bienal Aveiro_Síntese, um projeto da Arte no Tempo, com um concerto dirigido pelo maestro e compositor italiano Valerio Sannicandro, estreando-se no Teatro Aveirense, no dia 9 de Junho de 2024, pelas 18h00. A entrada tem um custo de 3,00€ e pode ser adquirido nas  bilheteiras  do Teatro Aveirense ou  online . Outras informações  aqui . Fotografia: @Annie Waterman Sinopse: O Ensemble DME apresenta um programa concebido em torno de uma das instrumentações mais emblemáticas do século XX (o quinteto Pierrot Lunaire), enriquecido por várias formas de conceber a eletrónica fixa e em tempo real - ao longo de um arco temporal de cerca de 30 anos - mostrando ao mesmo tempo como o meio foi concebido, redesenhado e repensado por três gerações de compositores. Cinco obras, cinco mundos e estéticas diferentes, que vão de um sentido de beleza e transparência (Sousa Dias) a um di

Visita de estudo | Conservatório Sons e Compassos

Imagem
Visita de estudo | Conservatório Sons e Compassos 27 de Maio de 2024, 10h30 | Lisboa Incomum O Projeto DME/Lisboa Incomum irá proporcionar uma atividade pedagógica com alunos do Conservatório Sons e Compassos de Terrugem no dia 27 de Maio de 2024 no Lisboa Incomum. Nesta actividade, realizar-se-á uma breve contextualização do espaço na música electroacústica, onde os alunos serão orientados pela compositora Mariana Vieira que lhes introduzirá o mundo da música acusmática e lhes dará a oportunidade de espacializar obras acusmáticas no sistema imersivo em forma de cúpula do espaço Lisboa Incomum. Numa outra perspectiva da música electroacústica, a violinista do Ensemble DME, Beatriz Costa irá apresentar uma obra para violino e electrónica de um compositor português. Um projecto coordenado pela professora de História Sofia Vieira Lopes, em parceria com o Projecto DME e o Lisboa Incomum.

Autopsychografia | Casa Fernando Pessoa

Imagem
Autopsychografia de Andrea Conangla 26 de Abril de 2024, 19h30, Casa Fernando Pessoa Andrea Conangla lança em abril de 2024 o seu primeiro álbum a solo, Autopsychografia, um álbum que, através dos textos de Fernando Pessoa, musicados por compositores e compositoras de vários pontos do continente, espelha a diversidade, a riqueza e os frutos culturais e de cidadania do projeto europeu. Um projeto com epicentro na música de Helmut Lachenmann e fortemente impulsionado pelas ondas de choque pós-pandémicas que levaram a cantora a mergulhar no universo lírico de Fernando Pessoa, onde não só encontrou beleza e inspiração, mas onde também se identificou com os elementos de sátira e um audacioso espírito revolucionário. Este álbum, ancorado na ideia do querer sentir “tudo excessivamente, porque todas as coisas são, em verdade, excessivas e toda a realidade é um excesso, uma violência”, vê-se abraçado por um inesperado fio condutor de liberdade dividido em pequenos interlúdios que ligarão todas