Residência Artística Åke Parmerud 2024


Residência Artística Åke Parmerud 2024

14 - 27 de Março de 2024 | Lisboa Incomum


O compositor sueco Åke Parmerud estará em residência no Lisboa Incomum de 14 a 21 de Março. Criará uma nova peça acusmática, encomenda do Projecto DME, que estreará no Festival Imersivo 2024, num concerto na sexta-feira, dia 22 de Março. Na manhã desse mesmo dia, dará um seminário intitulado "A IA no passado e no futuro da composição de música electroacústica e arte sonora". De 25 a 27 de Março, será tutor da International Masterclass for Composers, juntamente com o compositor Jaime Reis, com um trabalho focado na composição electrónica utilizando ferramentas e softwares gratuitos como a VCV Rack para síntese modular.



22-24 Março, Festival Imersivo 2024
Seminário "A IA no passado e no futuro da composição de música electroacústica e arte sonora" + Concerto a solo no dia 22 de Março, 6ª feira
- deadline para inscrição nos seminários: 10 de Março (formulário)

- deadlines para inscrição: 23 de fevereiro (formulário)





Åke Parmerud é um artista com uma presença global na música contemporânea e na arte dos media. Para além da sua música electroacústica e instrumental, o seu trabalho inclui composições que abrangem uma vasta gama de música experimental moderna em áreas como a dança, o cinema, a arte interactiva, a multimédia, o teatro e o vídeo. Recebe regularmente encomendas para compor obras para instituições internacionais e, em 1997, a sua peça "Grains of Voices" foi apresentada nas Nações Unidas, em Nova Iorque, no Dia das Nações Unidas. A sua música foi lançada em oito álbuns a solo e em vários álbuns de compilação. Åke Parmerud é também um artista de palco e realiza concertos com instrumentos interactivos, muitas vezes como solista. Em 1998, foi nomeado membro da Academia Real Sueca de Música.
Com formação em fotografia, prosseguiu os seus estudos de música na Universidade de Gotemburgo e, mais tarde, na Faculdade de Música da Universidade de Gotemburgo. Desde que a sua obra "Proximities" ganhou o primeiro prémio no festival internacional de música electroacústica em Bourges, França, em 1978, recebeu 17 prémios internacionais e três grandes distinções suecas.
Por duas vezes, foi galardoado com o Grammy sueco para o Melhor Álbum Clássico do Ano, e a sua música representou a Rádio Sueca por duas vezes no Prix Italia, além de ter sido nomeada para o principal prémio de música do Conselho Nórdico.
As suas actividades artísticas deram origem a várias colaborações internacionais. Entre 1999 e 2006, trabalhou em estreita colaboração com o grupo dinamarquês Boxiganga Teater, desenvolvendo instalações de vídeo interactivas inovadoras e conceitos telemáticos e soluções interactivas para espectáculos em palco. De 2000 a 2002, colaborou com o coreógrafo canadiano Pierre-Paul Savoi como compositor, designer de som e de software. Entre 2003 e 2017, criou espectáculos interactivos de dança e vídeo em colaboração com a coreógrafa canadiana Mireille Leblanc, tendo recebido o Prémio Walter Fink em 2008 pelo melhor espetáculo de dança inovador, "The Seventh Sense". Trabalhou também como designer visual e compositor com o coreógrafo Gun Lund em vários trabalhos e forneceu o design de som para a produção da coreógrafa Margareta Åsberg "A Thousand Years with God".
No final dos anos 80, formou um duo com o compositor Anders Blomqvist. Os seus espectáculos ao vivo, que incluíam fogo de artifício, foram bem sucedidos em toda a Europa até aos anos 90. De 1999 a 2010, trabalhou como designer inovador de som e software para instalações e performances interactivas de som e imagem. Os seus próprios trabalhos, "The Fire Inside", "The Living Room" e "Lost Angel", foram expostos em Berlim, Gotemburgo, Leon, Cidade do México, Paris e Reiquiavique. Foi também curador de concertos e diretor artístico de grandes eventos audiovisuais, tanto no interior como no exterior, incluindo os World Music Days em Estocolmo, em 2002. Desde 2002, tem trabalhado com Olle Niklasson na empresa de design de som Audio Techture, que recebeu o prestigiado prémio Red Dot Design Award em Berlim em 2015.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Festival Imersivo 2024

Vozes de Revolução | Ourique

Bartolomeu, o Voador | EACMC